Projetos Filhos Felizes

projetos_filhos_felizes_projetos_filhos_felizes

Introdução

A educação de filhos é um importante desafio para qualquer sistema familiar, pois a chegada de um filho significa muito mais do que simplesmente ter um novo membro na família. Significa incluir no sistema familiar, cada filho que chega, dando-lhe um lugar especial de indivíduo, que merece ser amado, aceito, reconhecido e valorizado pelo que é. Isso envolve acolher e engajar-se num processo de humanização que viabilize um desenvolvimento humano satisfatório.

Para que os filhos se desenvolvam de acordo com essa perspectiva não basta apenas desejar que se desenvolvam com o mínimo de traumas possível, distantes da violência, drogas, promiscuidades, imoralidades. Que se tornem cidadãos que optem por posturas éticas e se desenvolvam de acordo com valores que norteiem a construção do amor, respeito e dignidade nas relações humanas. Que apresentem uma autoestima adequada, assertividade, autocontrole, autonomia, boas habilidades sociais. Que cresçam responsáveis, amados pelos outros, confiantes, empáticos e, sobretudo, que sejam felizes. Por mais que os pais desejem todas essas qualidades para seus filhos, elas não “aparecerão ao acaso”, pois o empenho dos pais na interação com seus filhos contribuirá significativamente. Conforme afirma o psicólogo infantil Bruno Bettelheim (1989, p. 13) “As maneiras de os pais criarem seus filhos têm enorme influência sobre seu desenvolvimento e sobre o tipo de pessoa em que se transformarão”.

No entanto, quem é pai/mãe conhece bem as exigências que tal tarefa apresenta, as quais podem ser tanto gratificantes como assustadoras. No processo da educação dos filhos, importantes mudanças estarão presentes no sistema familiar e novas interações deverão ser aprendidas e compreendidas, não apenas pelos filhos, mas também pelos pais, para que todos possam amadurecer e crescer. Como refere o terapeuta de famílias Salvador Minuchin (1982, p. 42) “A criação de filhos oferece muitas oportunidades para o crescimento individual e para o fortalecimento do sistema familiar”. Para isso, é preciso que pais/mães saiam do lugar comum de apenas seguir repetindo padrões de interação familiar herdados de sua família de origem (que muitas vezes se apresentam disfuncionais) e se disponham ao aprendizado de interações mais efetivas para seu contexto.

Os filhos têm inúmeras necessidades durante o seu desenvolvimento, que dependem da capacidade dos pais para que sejam atendidas de forma adequada. Para Minuchin (1982, p.63) “A paternidade requer a capacidade de nutrir, guiar e controlar. As proporções destes elementos dependem das necessidades de desenvolvimento das crianças e da capacidade dos pais”. Esse aspecto convoca pais/mães a um envolvimento habilidoso e responsável na educação de seus filhos.

Pensando nisso, EIRENE do Brasil oferece o seminário PROJETO FILHOS FELIZES. Um projeto traz a ideia de um empreendimento para o futuro a ser realizado dentro de determinado esquema. Essa ideia aplicada à educação de filhos implica no engajamento de pais/mães na função parental de tal forma que possam promover interações em seu sistema familiar que potencializem o crescimento de filhos mais saudáveis e felizes.

Objetivo

Servir de apoio para pais/mães numa melhor percepção/compreensão de seus filhos e a si mesmos no exercício da paternidade/maternidade, para que as situações em seu desenvolvimento possam ser enfrentadas da forma mais benéfica possível.

Funcionamento

Temática

ACOLHIMENTO: o amor responsável que acolhe e cuida
IDENTIDADE: a constituição do ser individual e social
ENSINO: a orientação dos valores morais e éticos
LIMITES: a segurança das fronteiras
DISCIPLINA: a educação positiva
MONITORIA: o cuidado consistente e flexível
REFERÊNCIA: a postura que educa
AUTONOMIA: a conquista da independência

Realização

Para realizar o seminário, basta que seja solicitado por qualquer instituição/organização em que for possível reunir um grupo de pessoas interessadas na temática proposta, como por exemplo: escolas, empresas, associações, igrejas/comunidades etc. A data para a realização é estabelecida em acordo de agenda entre a instituição/organização solicitante e a coordenadora do seminário.

Logística

A instituição/organização solicitante ficará responsável pelos cuidados dos detalhes logísticos que se fizerem necessários, como por exemplo, computador, projetor multimídia, som, instalações, acomodações, cafezinhos etc., bem como as refeições e hospedagem (caso estiverem incluídas no evento). Também assumirá os cuidados com a divulgação e inscrições dos participantes.

Programação e Cronograma*

O programa completo do seminário é realizado num dia intensivo, geralmente em um sábado, compondo os períodos manhã e tarde, totalizando uma carga horária de 10 horas/aula (50min cada).

Sugestão de programação

Manhã

8h às 10h30 · 3 horas/aula · Apresentação/Introdução | ACOLHIMENTO e IDENTIDADE

10h30 às 10h50 · intervalo

10h50 às 12h30 · 2 horas/aula · ENSINO e LIMITES

12h30 às 14h · Almoço 
Tarde

14h às 15h40 · 2 horas/aula · DISCIPLINA, MONITORIA e REFERÊNCIA

15h40 às 16h · intervalo

16h às 18h30 · 3 horas/ aula · AUTONOMIA | Encerramento

  • Observação: é possível alterar o cronograma de acordo com a realidade de quem solicita.

Pra quem?

O seminário é destinado para pais, mães, profissionais da área da educação e pessoas que de alguma forma atuam junto à famílias.

Informações Práticas

Contacte pelo email clarice@eirene.com.br ou pelo telefone (41)8835–6889 e se informe sobre onde acontece o seminário ou sobre como levá-lo para a sua cidade.

Sobre os custos, o EIRENE tem por princípio cobrar os gastos com passagens, hospedagem e os honorários do coordenação do seminário.

Coordenadora

Clarice Ebert

Esta entrada foi publicada em Projetos Filhos Felizes, Seminários. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.