A Vivência Psicológica do Trabalho Pastoral: das tarefas às relações interpessoais

vivencia_Vivencia psicologica

Introdução

A Psicologia do Trabalho tem como enfoque, tanto na teoria como na prática, a prevenção e promoção da saúde do trabalhador no ambiente em que está inserido, não importando qual seja, podendo ser empresarial, público ou do terceiro setor. Este último engloba as entidades e associações filantrópicas, não governamentais ou de representação, incluindo também as entidades religiosas, as quais também contemplam o ambiente de trabalho do pastor evangélico.

Diante da possibilidade de acolher o pastor evangélico objetivando sua saúde, pesquisadores se esmeraram em pesquisar sobre o trabalho pastoral buscando compreender suas características.

Os resultados apontam que o trabalho pastoral se assemelha ao trabalho no mercado secular na exigência cada vez maior do líder, acarretando em alterações físicas, psíquicas e sociais. Esse aspecto sinaliza a relevância de serem proporcionados espaços de reflexão para pastores.

Para engendrar esta proposta foi elaborado o seminário “A Vivência Psicológica do Trabalho Pastoral: das tarefas às relações interpessoais”.

Objetivo

O seminário visa articular temas referentes ao trabalho pastoral, bem como oferecer um espaço para reflexão sobre como está organizado o trabalho do pastor, suas exigências, as vivências de satisfação e sofrimento experimentados pelo pastor evangélico no exercício pastoral e sobre as estratégias utilizadas para enfrentar as dificuldades no ministério. Dessa forma busca servir de apoio e estímulo para troca de experiências, objetivando a promoção e prevenção de saúde no trabalho do pastor evangélico.

Funcionamento

Durante o seminário são desenvolvidos 4 temas, sendo:

“O Contexto do Trabalho Pastoral”
“Exigências Decorrentes do Trabalho Pastoral”
“Vivências de Satisfação e Sofrimento no Trabalho Pastoral”
“Estratégias de Mediação do Sofrimento no Trabalho Pastoral”

Pra quem?

A proposta é trabalhar com grupo de pastores(as)/missionários(as), ou seja pessoas que estejam envolvidos com a tarefa pastoral de alguma forma, podendo ser de tempo integral ou parcial. Os participantes podem ser pertencentes a um mesmo grupo denominacional eclesiástico ou de denominações diferenciadas.

O grupo de participantes deve ser constituído por parte dos interessados (igrejas/comunidades/denominações etc.).

Informações Práticas

Contate pelo e-mail clarice@eirene.com.br ou pelo telefone (41)8835–6889 e se informe sobre onde acontece o seminário ou sobre como levá-lo para a sua cidade.

Cada tema é desenvolvido em cerca de três horas, sendo que a carga horária total do seminário comporta 12 horas.

O seminário pode ocorrer em um final de semana ou durante a semana.

O local, refeições, cafezinho etc. fica sob a responsabilidade de quem monta o grupo.

Sobre os custos, o EIRENE tem por princípio cobrar os gastos com passagens, hospedagem e os honorários do preletor.

Coordenadora

Clarice Ebert

Esta entrada foi publicada em A Vivência Psicológica do Trabalho Pastoral, Seminários. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.